\

Welcome to my blog :)

rss

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Twitteiros de plantão

Nesse momento, meu pai enche o saco do cachorro como se não houvesse amanhã, dá varadas, pontapés e chutes nele e xinga quando ele tenta morder. Vamos ver se consigo me concentrar pra escrever essa naba enquanto torço silenciosamente pra que o cachorro revide e arranque um naco na canela dele.*

A cada época, uma coisa é a febre do momento e quem não segue aquilo, fica por fora de grande parte dos assuntos. Se é bom ou ruim, não é a questão.
A moda agora é o Twitter e é pra ele minha atenção total de hoje.

Bom, pra cada rede social, existe um público alvo... O Orkut é dos pobres e analfabetos, Facebook dos ricos e famosos, Badoo da galera liberal (se é que me entendem), e Twitter, dos intelectuais.

Pode reparar: Twitteiro que é twitteiro tem sempre opinião de tudo, corrige todo mundo, é metido a piadista e quer mil replys. Ele quer ser o sábio, o esperto, o bacanão e o engraçado. Em 140 caracteres, precisa sair algo perfeito.

Bom, tá... tudo bem.
Eu lembro ainda quando as pessoas tinham sérios problemas emocionais quando o Orkut entrava em manutenção... e quando tu recebia convites para ser membro, as pessoas não tinham 3 ou 4 perfis lotados, mais o do cachorro, gato, passarinho, do casal, do filho, o fake guria, o fake guri e o fake artista. Era só o teu e ponto final.

Mas voltando ao Twitter... sim, eu sou uma pessoa viciada nele. Muitas vezes twitto pouco, outras entupo a timeline alheia, muitas vezes interajo, outras falo sozinha sem me importar com mais nada, na madrugada eu me solto afú, tem dias que eu nem lembro dele direito, algumas vezes tento ser legal, outras solto os cachorros em tudo e em todos.

Sabe aquele momento do teu dia, que tu simplesmente precisa resmungar algumas coisas? Até nem quer que as pessoas escutem ou te respondam, tu só precisa falar aquilo... é assim que eu vejo algumas coisas que eu twetto.

Como tudo na vida, chega uma hora que aquela coisa começa a apresentar mil defeitos, ou pelo uso excessivo ou porque simplesmente tu já enjoou daquela tranqueira... e bah, tem horas que as lindas pessoas que eu sigo me deixam um pouquinho louca da vida.

Vamos a uma listinha básica com algumas coisinhas irritantes que eu lembrei, assim por cima:

10 - Pseudofamosos. Aquelas criaturas com um pouquinho a mais de seguidores, que se acham fodões e começam a ignorar reles mortais anônimos. E o pior: são mais chatos e sem graça do que teus amigos malas.

9 - Famosões. Galera famosa de verdade, que aparece na tv, no cinema ou onde for... e jamais, em hipótese alguma, responde fãs. Seus twetts se resumem em coisas que ele quer dizer e twetts pra outros famosos.

8 - Os escondidos. Aqueles filhos da mãe que ficam escondidos, esperando que tu fale algo pra vir torrar teu saco.

7 - Respondões. Não, não são os malcriados. São aquelas criaturas que copiam TODO TEU TWETT e enviam junto com a resposta, em vez de simplesmente usar um @fulano e mandar brasa no que quer dizer. Eu não preciso ficar lendo teus papos, saca? Vez ou outra, ok. Mas TODAS AS VEZES não, né filho?

6 - Adoradores de links. Gente, que legal que tu tem um blog. Que legal que tu tem 50 blogs, um site, um formspring, 7 orkuts, e tudo mais que tu quiser. Mas é extremamente insuportável que tu entupir a timeline alheia com mil links. E mais ainda quando tu envia diretamente pra alguém sem ela ter te pedido...

5 - Indiretados. Galera que adoooora uma indireta. Todo mundo faz isso, vez ou outra né? Mas tem gente que exagera na dose... e tem gente que acha que tudo o que tu disser, é pra ela. E se acha no direito de vir te xingar ou de ficar devolvendo as indiretas. Gente, vão lá tomar seus remedinhos e parar com isso?

4 - Explicadinhos. Tem gente que quer explicações de tudo o que tu twetta. Se tu fala que tá de cara, a pessoa vem de canto querendo saber com quem, com o que e porque. Tudo ela quer detalhes, tudo ela quer saber mais. Só que se tu quer conar detalhes, tu vai fazer isso, ela não precisa pedir.

3 - Televisivos fervosoros. Pessoas, pelo amor de Deus ou da força maior que existir pra ti, entenda que NINGUÉM quer saber o que tu tá assistindo na tua linda televisão. NINGUÉM quer ficar lendo detalhes do BBB, do Silvio Santos, da lutinha da madrugada, do jogo de futebol nem de ABSOLUTAMENTE NADA que tu esteja assistindo. Um comentário e outro isolado, ok, eu também faço. MAS PELO AMOR DO QUE TU QUISER, NÃO FICA DETALHANDO TUDO O QUE TU TA VENDO PORQUE ISSO É MUITO CHATO. Se eu quiser ver televisão, vou desligar o computador e VOU LÁ. Simancol, galera. Por favor.

2 - Analfabetos. A criatura consegue em uma frase de 140 caracteres, uns 5 erros grotescos. Um erro que outro a gente até atura né, afinal, somos humanos... mas trocentos por dia não dá.

1 - Carentão. Aquela criatura linda que twitta timtim por timtim seus movimentos, que faz convites pra tudo o tempo todo, que puxa assunto com Deus e o mundo, que pede "mim segue" pra todo mundo, o "me segue que eu sigo de volta, preciso alcançar X seguidores", "mi indica, amr?", o que quer ser visto, notado, paparicado, querido e amado. Normalmente é um mala.

O problema de tudo é que não adianta tu me dizer simplesmente "deixa de seguir" ou "tu segue muita ou pouca gente, pra conseguir te estressar com isso". Sigo um número suficiente de pessoas e deixar de seguir uma ou outra não resolve. Muitas delas tem essa lista, em fases... e são pessoas que no geral, são legais de seguir. Eu só acho que as pessoas poderiam, sempre, não só no twitter, mas na vida, botar a mão na consciência e pensar: "vem cá, eu tô sendo legal ou será que eu tô incomodando?". Tá, é só um sonho, deixa pra lá.


Ah, a propósito, segue lá ------> @_Natu_
* texto escrito a tarde, por isso o episódio do pai com o cachorro.

2 Ideias Novas:

Viviane David disse...

Pô amiga palmas_ amei teu texto

Natureza disse...

Créditos no "Carentão" pra @VivisDavid =)

Postar um comentário

Agora que tu leu toda essa baboseira, tem algo pra acrescentar, opinar ou comentar? Se não xingar, pode ficar a vontade!