\

Welcome to my blog :)

rss

quinta-feira, 24 de março de 2011

Seu mestre mandou

Lá vem ela de novo, aquela chata que faz com que eu não consiga fazer nada direito... ela me incomoda tanto, me atrapalha tanto, tem horas que tenho vontade de gritar e esperniar, porque não consigo conviver com ela.
Maldita pressão.

Essa semana no serviço aconteceram alguns episódios pequenos que me deixaram com raiva depois... e eu lembrei do quanto isso me incomoda.
Primeiro foi com a comida. Ok, lá ninguém sabe ainda da minha dificuldade com ela... mas a forma que as pessoas tratam isso, me dá nojo. É sempre a mesma coisa, percebem que tu não tá comendo e dizem "Não vai comer? Vai ficar com fome, hein?", dá vontade de ser grossa e dizer "Ah, não brinca... graças a Deus que tu apareceu pra me dizer isso, porque eu não iria imaginar!". Tu percebe que a pessoa não tá falando pra ajudar, porque tu precisa comer, e sim pra encher o saco só.
Depois tinha gente me dizendo como eu tinha que voltar pra casa, falei que voltaria de "tal forma" porque preferia assim, e duas pessoas enchendo, falando que eu deveria ir por outro caminho... porra, quem é que vai pra casa? Pega o caminho que tu prefere, pra tua e me deixa em paz, é daquele jeito que eu prefiro e é daquele jeito que eu vou, mas que merda.
E ainda tem o momento marionete, onde a gente tem que fazer o que "Seu mestre mandou", sem dar um pio e foda-se se tu estiver morrendo...

Eu odeio essa mania que as pessoas tem de ficar controlando o tempo todo teus passos, ficam falando o que tu deve ou não fazer quando tu sabe o que tu deve ou não fazer... se tu não souber, tu vai pedir ajuda... se eu percebo que alguém tá perdido, precisando de ajuda, eu vou perguntar se a pessoa quer algo... porque tem gente que precisa mas quer resolver seus problemas sozinho, né... acho que cada um tem direito de viver sua vida e fazer suas escolhas... se acertar, ok... se errar, vamos de novo.

Que merda... me deixa respirar, me deixa errar, me deixa escolher.
ME DEIXA VIVER!
Me ajuda quando eu realmente precisar... ou senão, não me ajuda nunca. Mas não atrapalha quando eu precisar de espaço, de ar, de tempo... meu anjinho e diabinho nos meus ombros já enchem minha cabeça demais. Não precisa de mais vozes no meu ouvido, de mais perguntas, de mais susurros, de mais pressão...
E quando eu te disser "bah, eu não sei!", quer dizer: EU NÃO SEI. Quanto mais vezes tu me perguntar, sabendo que eu já te disse que não sei, pior vai ser.

0 Ideias Novas:

Postar um comentário

Agora que tu leu toda essa baboseira, tem algo pra acrescentar, opinar ou comentar? Se não xingar, pode ficar a vontade!