\

Welcome to my blog :)

rss

sábado, 29 de maio de 2010

Adoro meus amigos...

Muitos vão achar ruim, muitos vão dizer que não precisava. Esse é meu canto e eu TINHA que dizer essas coisas... que estavam entaladas desde ontem.

Quase uma semana depois, eu venho contar as novidades.
Não tô nem ae pra quem achar que eu tô fazendo drama, não tô nem ae pra quem achar que eu tô aumentando e muito menos pra quem vier a se ofender com qualquer coisa postada aqui.

Leia de novo: NÃO TÔ NEM AE.


Cerca de 2, 3 dias antes do meu aniversário, eu fiquei meio pra baixo, como comentei no post anterior, essa data normalmente me deixa assim, mas num misto de alegria também. Esse ano, a alegria era a da esperança, mas não posso mentir que predominava uma certa tristeza, uma certa angústia. [talvez meu velho e parceiro pressentimento de que algo vai acontecer... e ele acerta, o danado.]

Posso afirmar com uns 98% de certeza que esse ano eu tive o pior aniversário da minha vida. O dia em si parece que foi totalmente programado pra ser um fracasso. Sabe aquele dia em que parece que todo mundo acordou desanimado, que as pessoas aparecem pra falar contigo sobre assuntos aleatórios e nem lembram o dia, que tu tem mil coisas a fazer e NADA dá certo? Pois é. Foi assim... sem contar as pessoas que tu ama, longe de querer estar contigo.

O dia passou, e uma amiga perguntou se eu iria fazer algo, respondi que não. Ela sugeriu que eu fizesse, pois fazia tempo que não nos víamos, que não saíamos juntas... e eu acabei me animando.
E a semana toda foi de função pra escolher o lugar, [pra agradar os outros, é claro] convidar todo mundo e convencer minha mãe.

Quem me conhece sabe que minha mãe não gosta nada que eu saia a noite. Ano passado, fui vencida pelo cansaço e a véia ganhou, fiquei triste, fiquei chateada, fiquei em casa. Esse ano, eu decidi que iria, que faria o que eu queria e desafiei ela. 

Consegui libertar as correntes.
Consegui, depois de muito custo, encontrar um local aparentemente bacana.
Convidei todo mundo que eu tenho mais contato, que eu tenho mais afinidade, e que eu "suponhei", poder ir.

Eu estava animada a essa altura.

Os dias passaram... passaram... minha família ficou praticamente a semana inteira sem falar comigo, minha ansiedade subiu lá no teto, e nesse meio tempo, ninguém me respondia.
Tá, o ninguém se refere a quem eu realmente acreditava que iria, os outros eu tinha dúvidas... e alguns tiveram a consideração de dizer que não poderiam.

Eu sei muito bem a importância que eu tenho nesse mundo.
Eu sei muito bem a importância que eu tenho para as pessoas.
Sei muito bem que ninguém vai deixar de seguir sua vida, pra ficar uma madrugada em um lugar barulhento, talvez chato, em um dia frio, comemorando meu aniversário quase uma semana depois da data, MAS SERÁ QUE É PEDIR MUITO QUE AVISE QUE NÃO VAI? AVISE QUE NÃO QUER? Se tu realmente não quer, não tem intenção de ir, PORQUE DIABOS tu faz ceninha e finge que tá pensando no assunto? PORQUE DIABOS tu me diz que quer, tu me diz um monte de merda se no final, TU NÃO VAI, e tu já sabia disso?

Eu já sabia que meus "amigos" eram furões, que gostavam de se atrasar e não estavam nem ae pra isso, que tem amigos melhores que eu, e blá blá blá wisckas sachet... mas isso não impede que eu me sinta completamente decepcionada com eles, isso não faz com que eles tenham direito de fazer essas cachorradas comigo.

Sério, sei que sou uma trouxa em cair nessa mais uma vez, mas não é a primeira vez que isso acontece, não é a primeira vez que fico decepcionada, mas dessa vez, a coisa passou dos limites.

Isso tudo sem falar nessa coisa de 'fulana vai, então eu não vou', 'só vou se fulano for', 'tenho futebol e não posso', 'estarei cansada na semana seguinte' e tantas merdas que eu li e leio sempre... Gente, numa boa? Conversinha pra boi dormir, é dose. Não quer, não vai, fala logo e o assunto termina. Mas fala sério, né? Esses papinhos todos, vamos combinar... VOCÊS SÃO MEUS AMIGOS? Sinceramente, viu?

Eu não sei se fiquei com mais raiva ou mais tristeza, mas parabéns, queridos amigos... vocês colaboraram pra que essa semana inteira fosse UM LIXO. Não é por nada, mas eu passo mal quando tô ansiosa, briguei com minha família por causa de vocês, sei lá... achei que eu pudesse contar com vocês, e me fudi, lógico.


Na boa, antes que eu mande alguém pra algum lugar lindo e merecido, não quero saber de desculpinhas agora, de 'fulana(o) ia, por isso não fui,' de 'não tive tempo de avisar', ou de QUALQUER merda que vocês venham me dizer. Telefone, email, orkut, msn, twitter, minha casa. Poucas formas pra manter contato, né?
Eu acho uma puta falta de consideração, uma puta falta de vergonha na cara, uma puta duma sacanagem [não, não é falta dela, pelo contrário]... eu queria ver se fosse eu, fazendo isso com algum de vocês... mas a Natu... ah, a Natu entende, deixa uma semana e ela esquece e cai na nossa conversa mole de novo.

Pra terminar? Vão todos pros quintos... fasfavô.

PS: Quem se ofender por tabela, sinto muito. Não posso fazer nada. Portanto, não me torre o saco e vá junto com eles, ou vá pra onde tu quiser, desde que .

2 Ideias Novas:

Viviane David disse...

é isso amigaaaaa enfia o pé na lama te expressa

✿ Dê ✿ disse...

Porraaa!!! Que merda isso Naty.
Eu fiquei tri feliz por ter recebido o teu convite pra festa, pois mesmo tu sabendo que seria uma missão impossível eu ir tu me convido, e eu queria mesmo ter ido.
O meu agora vai ser tbm um dia qlq, mas eu queria muito comemorar em grande estilo, pois como tu sabe, nasci de novo.
Então seria "N" motivos pra comemorar, mas...
Bruxa eu te amo muito e tu sabe disso, e fiquei "P" da vida por saber que teus "amigos" te aprontaram isso. Que raiva guria!!!
Bjs e bola pra frente!

Postar um comentário

Agora que tu leu toda essa baboseira, tem algo pra acrescentar, opinar ou comentar? Se não xingar, pode ficar a vontade!