\

Welcome to my blog :)

rss

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Ai, Vida...

Eu sinceramente não sei o que seria desse blog, se as pessoas não fossem tão xaropes, se elas não fizessem sempre questão de encher o saco. Praticamente tudo o que eu escrevo aqui é baseado em alguma dessas pessoas, ou em várias... e hoje não é exceção.

O MSN é uma coisa que já me incomoda há algum tempinho, é a melhor forma de tu conversar com teus amigos com uma boa dose de privacidade, mas uma das melhores formas de tu te irritar também.
Meu, como tem gente chata no mundo, e como as pessoas ficam INSUPORTÁVEIS nele. Elas querem ter assunto, não tem e tu que paga. Elas querem conversar por códigos e te enchem de emoticons que tu precisa de uns 2 dias pra decifrar aquele enigma. Elas querem colocar em prática o dialeto do jardim de infância que elas aprenderam e te usam pra isso, mas mais ainda: elas querem ser o centro das atenções a qualquer custo. E não entendem que na tentativa elasconseguem exatamente o contrário.
Te enxergam lá online e vão puxar assunto. Seria normal se elas não desrespeitassem teu status, reclamarem porque tu demorou 3 segundos pra responder, e se não fizessem
ceninha quando tu não as chama.

Há algum tempo, eu parei de chamar as pessoas no msn. Quem me conhece sabe que eu já não tenho assunto, então não vou atazanar ninguém, dando oi e perguntando as novidades apenas. Quem quiser conversar, tá ali meu nick e é só chamar. Tenho um nojo mortal de quem me diz: 'bah, tu não gosta de mim, nunca me chama no msn!'. Primeiro: eu não tô aqui pra provar amizade, fazia isso na adolescência, hoje não acho necessário. Segundo: não chamo nem as pessoas mais chegadas, que eu tenho intimidade suficiente pra dar oi e deixar no vácuo e daqui a pouco a conversa flui. E terceiro: o fato de alguém te chamar no msn, não significa que a pessoa te ame. Tem amigos meus que me chamam quando precisam de um emoticon, de alguma ajuda ou estão sem ninguém pra conversar. Elas me amam? Óbvio que não, é puro interesse e falsidade.

Eu já não tenho mais saco pra alguns assuntos, pra algumas conversas, pra algumas discussões. Me esforço ao máximo pra não entrar em situações das quais eu posso me estressar porque não quero ficar soltando os cachorros o tempo todo (já faço isso aqui), mas eu acho brabo quando as pessoas ficam esperando que tu vá atrás delas, que tu "prove teus sentimentos" quando elas não fazem o mesmo. Ou aquele papo: 'a Natu não quer conversar comigo', e a pessoa não para pra pensar se ela realmente CONVERSA, se ela tá sendo agradável, tem gente que fica no mesmo blá blá blá sem graça, sabe que não tá agradando e ainda reclama quando tu ignora.
Ultimamente eu aproveito que a internet tá uma droga e tem dias que me liberto do msn, ou ele nem entra e eu nem insisto, porque é uma das coisas que mais me estressam. Aí a desgraça fica pras olhadas de gente online no Orkut e com as indiretas no Twitter.

Tem uma frase que resume essa história:
“As vezes é preciso dar um tempo, correr pra longe de todo mundo, pra ver quem vai correr atrás de você.” Clarice Lispector"

E é bem nessas, cansei de ficar puxando assunto, de ficar tentando agradar meus "amigos". Quem for meu amigo simplesmente vai vir conversar, numa boa, sem cobranças e sem encher o saco. O resto, vai continuar fazendo isso porque é só pra isso que eles estão ali, e numa boa: melhor não perder tempo me fazendo cobranças, porque eu posso 'nunca mais entrar no msn'. Acho que quanto menos coisas chatas a gente puder passar na vida, melhor... e quantomais tupensa nos teus atos e no quanto tu tá sendo chato e inconveniente, melhor pra todo mundo.
Seja a pessoa que tu quer que sejam pra ti. Seja legal, seja bacana, seja educado e agradável, eu vou fazer a minha parte em troca, pode ter certeza, mas não me cobra nada. Eu escolho a hora certa de retribuir, se eu julgar necessário.
Ou continua sendo um mala, choraminga que eu sou malvada, me bloqueia e me exclui de tudo, diz que o mundo é injusto e seja feliz assim, cadum, cadum. Seja como tu quiser, desde que não encha meu saco se não gostar das minhas atitudes.

Eu to poupando minhas palavras e minhas cordas vocais e tô falando essa coisa toda aqui. Eu não quero nem ver se eu começar a ser direta com todo mundo e começar a mandar todo mundo pra onde eu tenho vontade. Vão me chamar no mínimo, de louca.


Mas deixo meu apelo: parem de ser chatos. PORFA.



As vezes eu acho que na outra encarnação eu grudei chiclé no cabelo de Jesus, porque né

1 Ideias Novas:

Viviane David disse...

ta amiga parei

Postar um comentário

Agora que tu leu toda essa baboseira, tem algo pra acrescentar, opinar ou comentar? Se não xingar, pode ficar a vontade!